Uma vez ouvi a socióloga Berenice Bento falar que, quando uma trans ou
travesti é agredida praticamente ninguém as defende porque os agressores estão “limpando” a sociedade. Essas pessoas abjetas são, dentre os vulneráveis, mais frágeis.
Estendo para os moradores de rua, haitianos, guardadores de carro e por aí vai.

Retirar ou dificultar o acesso dessas pessoas ao acesso dos serviços básicos de saúde, além de negar sua cidadania, é uma maneira de higienizar o país. A pandemia do coronavírus atinge diretamente os mais pobres e os mais vulneráveis.

A cidadania para a população trans deveria começar na escola, mas ou invés de ser um espaço de acolhimento, é um local de exclusão levando essas pessoas a abandonarem o ensino. A falta de preparo de professores e a ausência de discussões sobre a diversidade de gênero e identidades sexuais vai criando um estado de anormalidade sobre o tema. Esses indivíduos acreditam, por fim, que são “anormais” e aprendem que não são dignos de exigirem os mesmos direitos dos outros cidadãos.

Se pensarmos que profissionais de saúde também não discutem assuntos sobre diversidade sexual e gênero em sua formação outro espaço que deveria ser de acolhimento (SUS e Hospitais) se tornam outro espaço discriminatório e de exclusão.

Creio que a pandemia atual não fará nada mais do que nos mostrar nossa
sociedade desigual e excludente. Ela exporá o caminho que temos que trilhar para um país mais justo. Para os vulneráveis, aqui especificamente a população de transgêneros, não mudará muito, em se tratando de cidadania. Calejados por não terem seus diretos humanos respeitados, quase nunca serem tratados, de fato, igualmente da mesma maneira que somos, elas e eles sobreviverão da maneira que conseguirem.

Nós, privilegiados, que não conhecemos a exclusão e a negação do que é
direito de TODOS seguiremos, talvez despreocupados, pois o plano de saúde e a garantia de um hospital particular nos abona, até mesmo, da solidariedade. Essa tão em falta atualmente.


Escrito por Magnor Muller
Fundador e CEO da DGS - Consultoria em Diversidade, Gênero e Diversidade
Diversidade Gênero Sexualidade Diversidade Gênero Sexualidade Diversidade Gênero Sexualidade